Mente ao avesso

29 de mar de 2011


Olá amigos, boa noite.


Não só hoje, mas muitas vezes bate uma tristeza enorme.

Questiono sempre. Por quê tanta violência e tanta insanidade? por quê determinadas pessoas já não entendem o significado da existência humana?

Se temos o dom da razão, por quê tanta irracionalidade?

A criatividade já não está tanto a favor de uma mente que brinca. Ela é colocada em prática para machucar, espezinhar, destruir, roubar e matar.

É difícil falar sobre isso. Quem somos nós para julgar os motivos que levam as pessoas a terem atitudes tão baixas e mesquinhas. Mas uma coisa podemos fazer. Começando dentro de nossos lares, ensinando aos nossos filhos a importância dos valores familiares, religiosos, éticos, profissionais, moral, etc. Não podemos nos esquecer do valor da vida.


Pai e mãe, aproveitem ao máximo a infância de seu filho, valorizem o que ele diz a vocês. Não inibam sua criatividade. A criança traz consigo uma autencidade que só ele consegue demonstrar, sem fingimento, sem mágoa, sem rancor e sem ódio. O que ele quer de vocês, pai e mãe, é a oportunidade de dar e receber afeto acompanhado de amor. Não retirem dele a musa que os inspira a vir a ser uma pessoa do bem.


Quando o homem toma consciência de suas imperfeições ele sabe que pode dizer "não" a elas e "sim" para um modo diferente de viver.



Declaração para meus amigos de forma bem mineira

17 de mar de 2011


Olá amigos, fiquei um tempo distante, mas óia eu aqui travêz.

Peço licença ao autor desta declaração para dedicá-la a vocês com muito afeto.

Ces são o colírio do meu ôiu.
São o chiclete garrado na minha carça dins.
São a maionese do meu sanduichi.
São o cisco no meu ôiu (O ôtro oiu - eu tenho dois).
O limão da minha caipirinha.
O rechei do meu biscoito.
A masstumate do meu macarrão.
A pinga cumel do meu buteco.
Nossinhora!Gosto dimais da conta docêis, uai.

Ces são tamém:
O videperfume da minha pintiadêra.
O dentifriço da minha iscovdidente.

Ói pro ceis vê:
Quem tem amigos assim, tem um tisôru!

Eu guárdesse tisouro, com todo carinho ,
Do Lado Esquerdupeito !!!
Dentro do Meu Coração!!!

AMO OCÊIS PADANÁ!!!

Autor desconhecido.

Agradecimentos

8 de mar de 2011



Teresa Cristina, Abadia, Flaviana Koti, Tati, Ana Carla e Viviane Moraes;




Estou muito feliz por vocês estarem seguindo o meu blog. Eu ainda não sei como lidar muito bem com isto, mas conto com uma ajuda super importante. Vocês sabem quem é. Isso mesmo, a Teresa. Ainda chego lá.




Aproveito este momento para desejar a vocês, como mulheres importantes que são que continuem suas vidas sonhando e buscando pela realização de todos eles.




Felicidades e muitos abraços.




A mente que brinca

4 de mar de 2011



Sejam bem vindos.

Por que iniciei meu Blog com este tema?



Imagino que neste mundo conturbado; no corre-corre do dia-a-dia nos esquecemos de refletir sobre como está nossa vida, nossa saúde e quem são as pessoas que circulam à nossa volta.
De olhar pra dentro de nós e tentar encontrar aquela criança, que de algum modo se perdeu no tempo e no espaço. De poder tirar um tempo e avaliar que tudo o que realizamos e conquistamos, devemos à esta criança que com o seu desenvolvimento e aprendizado nos revelou o mundo criativo que existe dentro de cada um de nós. Estamos esquecendo de que quando nos divertimos descobrimos novas maneiras de relacionar com as pessoas, com os animais, com as idéias, com as imagens e conosco, por que não?!

Como diz Stephen Nachmanovitch, "o trabalho criativo é divertimento; é a livre exploração dos materiais que cada um escolheu. A mente criativa brinca com os objetos que ama. O pintor brinca com a cor e o espaço. músico brinca com o som e o silêncio. Eros brinca com os amantes. Os deuses brincam com o universo. As crianças brincam com qualquer coisa em que possam por as mãos. A brincadeira possibilita uma maior riqueza de reações e melhora nossa capacidade de adaptação.

Então amigos, vamos nos permitir reorganizar nossas capacidades e nossa verdadeira identidade, de forma que posssamos utilizá-las de maneiras inesperadas".

"Brincar" é diferente de "jogar". Brincar é ter o espírito livre para explorar, ser e fazer por puro prazer.


 
A mente que brinca - by Templates para novo blogger